04 junho 2013

A loja Portuguesa (parte 2)

Certo dia estavamos no Leclerc, quando eu e a minha irmã íamos a passar a falar em português entre nós (como sempre) alguém diz assim:
- Olhe desculpe...
Eu continuei como se nada fosse porque acho que nem me apercebi bem que alguém estava a falar para nós, em português. Depois oiço outra vez:
- Olhe desculpe lá... vocês são portuguesas?
Olhámos para trás e sim, era mesmo connosco a conversa.

Vai daí e era uma senhora portuguesa com uma amiga/vizinha francesa mas que adora Portugal e ainda mais a comida portuguesa. Então, não tardou a pergunta:
- Sabem onde fica a loja portuguesa? Já ouvimos falar tanto dela, mas não sabemos onde é!

Entretanto juntou-se o G e a minha mãe à conversa e estava a ver que já não saíamos dali. Entre explicar o caminho para a loja, dizermos quase os produtos todos que existem na loja e ouvir as histórias da senhora francesa que já foi montes de vezes a Portugal e que gosta muito daquilo, conhece a nossa terra, mas adora mesmo é a Figueira da Foz e Fátima (tão óbvio!). Acabámos por trocar contactos e tenho a certeza que naquele dia a senhora francesa foi à loja portuguesa e deixou lá umas quantas notas, tendo em conta a "sede" que a senhora demonstrou pelos produtos portugueses.

E em verdade vos digo que já apanhámos muitos portugueses pelos supermercados, mas assim que percebem que também somos portugueses, calam-se bem caladinhos e não dizem nada... vá-se lá saber porquê!? (É possível que sejam daqueles que depois quando vão a Portugal, é ouvi-los a falar um francês com sotaque português para se armarem em melhores e maiores que os outros, com grandes carros e cheios de ouro até à ponta da unha do dedo mindinho do pé)
Portanto, ter acontecido um momento destes foi bem agradável. Veio revelar que ainda existem pessoas que emigram para França mas que continuam simples e não têm o rei na barriga.

Sem comentários:

Enviar um comentário

E vocês, o que acham?!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...